Apresentação

JOINVILLE INTERNACIONAL SHORT FILM FESTIVAL é um festival de cinema inovador em sua dinâmica de produção, pois busca promover a acessibilidade do público ao CINEMA, reciclando profissionais e oportunizando conhecimento, experimentação e troca de experiências no fazer cinematográfico. Contribuirá diretamente na formação novos expectadores e formadores de opinião, qualificação de plateia, necessários para o crescimento e desenvolvimento da produção cultural em Joinville.

Saiba mais sobre o festival:

JUSTIFICATIVA

O Norte de Santa Catarina é região que possui a maior população e desenvolvimento industrial. Sua população é composta, em sua maioria, por descendentes de europeus vindos no final do século 19 e início do século 20. Ainda assim a região não conta com um festival internacional de curta metragens, que é porta de entrada para o desenvolvimento da indústria cinematográfica.

 

Desde a primeira edição, o Festival mantém vínculo de parceria com a maior Unisociesc, que inaugura cursos específicos na área de audiovisual. O envolvimento se dá através do contato com os coordenadores dos cursos, que possibilitam a participação do aluno como público e monitores atuando em diversas áreas do festival e com certificação de horas no final do evento. O objetivo também visa a inclusão e valorização da mão de obra local.

 

Joinville se organizou com o objetivo de tornar a produção audiovisual em uma possibilidade real como alternativa de matriz econômica na cidade. Na cidade foram criadas entidades como uma Câmara Setorial atuante, uma associação formada por profissionais do audiovisual e uma film commission.

SESSÕES

Uma extensa programação será oferecida diretamente para o público em geral, cinéfilos, comunidades carentes, associações de bairros, clubes sociais. Serão utilizados uma variedade de espaços municipais e comunitários em diversos pontos da cidade de Joinville, incluindo-se aqueles com dificuldade de acesso a estes produtos e dinâmicas cinematográficas.

 

  • ABERTURA

Serão exibidos filmes icônicos do universo do curta metragem.

 

  • INTERNACIONAL

Composta por títulos realizados por cineastas oriundos de qualquer parte do mundo. Um espaço dedicado a experimentação narrativa, estética e aberto ao diálogo com o seu público. Uma zona de risco ao descobrimento.

 

  • ARTHOUSE

Filmes experimentais que se atrevem na investigação de novas propostas para o audiovisual.

 

  • QUIXOTINHO

Mostra paralela com exibição de animações focadas no público infantil e infanto-juvenil, direcionado para crianças entre 04 e 14 anos.

 

  • NOITE DOS CAMPEÕES

Entrega de Prêmios e exibição dos filmes vencedores

PREMIAÇÕES

Os filmes selecionados são avaliados pelo Júri Oficial e premiados nas categorias:

 

  • Melhor Curta – Internacional
  • Melhor Curta – Arthouse
  • Melhor Curta – Animação
  • Melhor Diretor
  • Melhor Roteiro
  • Melhor Ator
  • Melhor Atriz

JÚRI

Alexa Rodrigues

Alexa Rodrigues é Produtora Executiva do Festival Internacional Shortcutz Amsterdã realizado semanalmente no prestigiado clube Holandes Kring. Realizou diversas produções em cinema, vídeo clips e institucionais nos últimos 07 anos de atuação na área em toda Europa. Também assistente de produção do canal DSLRguide, o canal líder europeu de novos diretores de cinema, com 650 mil seguidores e 2 milhões de acessos mensais. Juntou se este ano a plataforma INDIEWOOD, rede online dedicada exclusivamente ao cinema independente. Seu foco será entre outros o mercado brasileiro.

André Piero Gatti

Formado em Letras, André Piero Gatti fez mestrado na ECA-USP e doutorado no IAUnicamp. É professor de vários cursos graduação e pós-graduação da área audiovisual. Desenvolveu sua formação cinematográfica por meio do cineclubismo e com o exercício de curadoria de salas de arte, cineclubes etc. Escreveu textos, e-books, verbetes e capítulos de livros sobre os temas da indústria cinematográfica brasileira. Recentemente, protagonizou dois longas-metragens brasileiros: Avanti popolo e O tempo não existe no lugar em que estamos.

Bhig Vilas Boas

Dirigiu, entre outros os filmes: “A Mulher do Atirador de Facas” – melhor filme de curta metragem no XI Festival de Havana em Cuba e melhor diretor, atriz e trilha sonora no XVII Festival de Gramado; “Frio na Barriga” – melhor filme de curta metragem no IV RIOCINE Festival; “Yã Katu – O Brasil dos Villas Bôas” – documentário de longa metragem; “Amazônia Viva” Documentário Oficial da ECO 92); “O Último Kuarup Branco”, documentário com pré-estreia no Festival Internacional de Documentários “É Tudo Verdade (2008), Prêmio Estímulo à Produção Catarinense – FAM (2008) Seleção oficial do FICA – Festival Internacional de Cinema Ambiental (2010), Menção Honrosa no DOCSDF – México / 2008 e Exibido na TV Brasil, TV Cultura, SESC TV, Box Brazil TV, CineBrasil TV e UR – Swedish Educational Broadcasting. É Diretor da APBA e Membro do Conselho Consultivo do SANTACINE.

Santiago José Asef

É produtor e diretor de cinema, fotógrafo e gestor cultural. Nasceu em La Plata, Argentina no dia 3 de Janeiro de 1975. Atualmente reside em Bombinhas, Santa Catarina, Brasil. Formado em Realização Audiovisual na Faculdade de Belas Artes da Universidade Nacional de La Plata (UNLP), Argentina. Fundador e diretor da produtora VIRACOCHA CINE, da qual se destaca a longa-metragem “8 Jinetes” (8 Cavaleiros, Argentina, 2013) financiado pelo INCAA. No Brasil, forma parte da produtora TRAMELA PRODUÇÕES e assina como diretor os filmes “Antes do Inverno” (2013), “Camaroeiros” (2014), “A linha invisível” (2014) e “Abrindo as janelas do tempo” (de próxima estreia).

Reza Hajipour

É diretor, roteirista e produtor. Vive em Lisboa, Portugal, desde 2008. Aos 22, começou a trabalhar como produtor de rádio, depois, seu interesse o levou a experimentar diferentes posições na indústria do cinema e televisão como primeiro diretor assistente, programador e produtor executivo de telefilmes. Realizou mais de 40 documentários e 4 curta-metragens independentes, que foram projetados em diferente festivais internacionais e universidades (Califórnia, Tóquio, Lima, etc.). É diretor do Festival de Filmes de Arroios desde 2016.

CONSELHO DO JÚRI

Alceu Bett

André Gevaerd

Barbara Sturm

LOCAIS

  • UNISOCIESC

Anfiteatro Marquês de Olinda

Capacidade: 400

Endereço: Rua Gothard Kaesemodel, 833

Contato: 47 3461 0520

 

  • MERCADO MUNICIPAL

Praça do Mercado Municipal de Joinville

Capacidade: 200

Endereço: Av. Dr. Paulo Medeiros, S/N

Contato: 47 3028 9411

 

  • ESTAÇÃO DA MEMÓRIA

Estação da Memória

Capacidade: 100

Endereço: Rua Leite Ribeiro, S/N

Contato: 47 3422 5222

 

  • TEATRO JUAREZ MACHADO

Teatro Juarez Machado

Capacidade: 500

Endereço: Av. José Vieira, 315

Contato: 47 3433 2190

 

  • GALERIA 33 ARTHOUSE

Cinema Galeria 33 Arthouse

Capacidade: 40 pessoas sentadas / 100 pessoas em pé

Endereço: Rua Bento Gonçalves, 33

Contato: 47 3027 1826

 

  • CEU PAPA JOÃO PAULO

Auditório

Capacidade: 110

Endereço: R. Santa Luzia, 955-1023

 

  • E.M. INOVADOR GOVERNADOR LUIZ HENRIQUE DA SILVEIRA

Auditório

Capacidade: 210

Endereço: Rua Orlando

PRODUÇÃO

Cooperfilm

Cineramabc

EQUIPE

Alceu Bett – Diretor Geral

Katiana Machado – Produtora Executiva

André Gevaerd – Diretor de Produção

Luiz Bett – Editor

APOIO

Galeria 33